...Talvez você me descubra em pedacinhos...

"Tentei descobrir na alma alguma coisa mais profunda do que não saber nada sobre as coisas profundas.Consegui não descobrir." (Manoel de Barros)

domingo, 23 de maio de 2010

A arte de contar histórias... (um pouco de mim)

Minhas sextas-feiras...



"O ato de contar histórias, instrinsecamente humano, traz em si, talvez como poucos outros, o paradoxo de ser dos mais gratuitos e, ao mesmo tempo, dos mais empenhados. Contar para fazer lembrar, contar para mover montanhas e céus. Por mais que passe o tempo e o ato de contar histórias adquira diferentes feições, desdobrando-se em um sem-número de linguagens e suportes, ele tem na sua origem essa dupla raiz: beleza e necessidade." (Eliana Yunes)


"Contar histórias é uma arte... e tão linda!!! É ela que equilibra o que é ouvido com
o que é sentido." (Fanny)


"Como a literatura infantil prescinde do imaginário das crianças, sua importância se dá a partir do momento em que elas tomam contato oralmente com as histórias, e não somente quando se tornam leitores. Desde muito cedo, então, a literatura torna-se uma ponte entre histórias e imaginação, já que “é ouvindo histórias que se pode sentir... e enxergar com os olhos do imaginário... abrir as portas à compreensão do mundo”." (Fanny)


"Um homem dos vinhedos falou, em agonia, junto ao ouvido de Marcela. Antes de morrer, revelou a ela um segredo: - A uva - sussurrou - é feita de vinho.
Marcela Pérez Silva me contou isso e eu pensei: se a uva é feita de vinho, talvez a gente seja as palavras que contam o que a gente é!" (Eduardo galeano)


"Menina vou te ensinar,
como é que se namora:
Põe a alma no sorriso
E o sorriso põe pra fora" (Antônio Nóbrega e Nilson Freire)


"Eram dois palhaços: o palhaço esperto e o esperto palhaço (...)"


"Os perdidos precisam sobretudo de histórias. As histórias que se contam são mais importantes que o resto inteiro." (Ulisses Belleigoli)


"Sabedoria pode ser que seja ser mais estudado em gente do que em livros. Eu penso em renovar o mundo usando borboletas, Pois que inventar aumenta o mundo" (Manoel de Barros)



"Mundo delirante
Sou teu habitante
O mais frágil vôo
Asas colibri
Mundo delirante
Sou teu prisioneiro
Vero cativeiro
Ai d mim
Mundo delirante
Seá que é destino
Eu já fui menino assim
Sou teu habitnte
Mundo delirante
Ou prisioneiro enfim..." (Sueli Costa)


"O que existe entre o feio e o bonito? O gordo e o magro? Entre um menino que corre como um foguete e aquele que anda em uma cadeira de rodas? (...)
Somos mais iguais ou mais diferentes? Diferentes é lógico! Assim como as artes, a humanidade encontra infinitas formas de se manifestar. Iguais são os direitos, mas é impossível falar em justiça sem reconhecer o quanto somos diferentes. (...) É a diversidade humana que nos legitima como espécie. E diante desta constatação sentimos medo, ansiedade, angústia, desamparo. Tudo isso e muito mais porque a liberdade é assim: assusta.
Acabou o tempo de insistirmos em arrumar gente em caixinhas, hierarquizar. Crescemos acreditando ter o direito de qualificar gente. E quando nos sentimos “acima da média”, assumimos uma posição muito generosa, a de respeitar ou a de tolerar a diferença de quem está no final do ranking, o que já pressupõe uma atitude autoritária. Lamento informar que não temos o direito de respeitar ou de tolerar a diferença de ninguém. Se todos nós, nascidos, integrantes, portanto, do conjunto humanidade, somos intrinsecamente diferentes, em nome de que modelo de gente vamos avaliar a diversidade do outro?
(...) Não existem os diferentes. Cada um tem a sua diferença, sua especialidade, sua excepcionalidade. Diversidade humana deveria ser nossa palavra de ordem, estampada em letras garrafais em cartazes espalhados pelo mundo (...). Aí reside o paradigma da liberdade." (Cláudia Werneck)


"O que você prefere: um irmãozinho ou uma irmãzinha?
- Mamãe, se não for pedir muito, eu prefiro uma bicicleta!"


"De repente, os homens atravessaram o tempo por túneis, pirâmides, caravanas, mares e espelhos. E trouxeram histórias nas linhas das mãos. Dos pequenos núcleos familiares ou populacionais às salas de bibliotecas e teatros, o contador de histórias manteve-se na ordem do dia. Alguns o quiseram esquecido, outros acreditaram na força solidária de quem junta pessoas para encantar pela palavra. Mais do que agregar, o contador de histórias tornou-se obrigatório na promoção da leitura e no resgate do lúdico e da fantasia!" (Celso Sisto)

Espero que gostem!
Boa semana!
Lu

12 comentários:

  1. Oi amiga, adoro os contadores. Parabéns pelo trabalho, e obrigada pelas palavras de carinho no blog. Saudades...
    Beijokas

    ResponderExcluir
  2. Oi amiga, adorei!
    É lindo o ato de contar histórias!
    Bjs...

    ResponderExcluir
  3. Olá! Vim retribuir a visitinha e me encantei com as imagens e textos. Que trabalho lindo! Foi um prazer estar aqui.
    Agora vou espiar as outras postagens...rs
    Beijosss

    ResponderExcluir
  4. Que lindaaa..parabéns!
    Sabe, fiz um curso na PUC e lá tive a oportunidade de ter uma profa que fez uma aula de Contação de histórias. Amei!
    Assim que sobrar uma graninha vou fazer um curso...gosto muuuito. Até inventei uma história estes dias...♥

    ResponderExcluir
  5. sério?!!! que tudo!!! a tua filha deve amar a profissao da mae !!! ter alguém que conte histórias de forma cênica em casa é td de bom. Na faculdade fiz um curso pra me soltar, mas nao consigo entrar no personagens como fazem os bons contadores !! Parabéns !!

    bj

    ResponderExcluir
  6. Q lindo isso!!!
    Nossa vc é com certeza um ser iluminado...essa arte é para poucos, para raros!
    Bjus no coração
    paula

    ResponderExcluir
  7. Ai q lindoooo!!! Amei esse post, queria saber contar histórias tb!!! Vc fez um curso de teatro? Bom, de qq maneira, parabéns!!!
    AH! Muito obrigada pela visita no meu blog, apesar do post ser horrível rsrsrsrs
    bjinhus

    ResponderExcluir
  8. Oi Lú! Que bonita apresentação!
    Já peguei seu endereço, tá? Em breve seu presente chegará.
    Agora vc deve fazer um post da corrente do bem e presentear mais três pessoas,porém, fique à vontade, tá?
    Beijos e um maravilhoso dia!

    ResponderExcluir
  9. Eu já tive a honra de assistir aos Contadores de História e você estava lá, simplesmente ma-ra-vi-lho-so!
    Parabéns pelo seu talento!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  10. Luisa, que barato! Você faz parte de grupo de contadores de histórias!! Acho o máximo e tenho muita vontade de participar também. Deve ser mágico, a energia deve ser palpável!
    Beijos. Amei as fotos!!!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails